Mesmo preso, Cunha é alvo de novo mandado de prisão preventiva

18 de maio de 2017, 19:43

O deputado cassado Eduardo Cunha tem novo pedido de prisão preventiva, apesar de já estar na cadeia.

O político do PMDB foi notificado na manhã desta quinta-feira (18) no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O mandado foi expedido pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, como parte da ação deflagrada a partir da colaboração premiada dos donos da JBS.

Segundo os executivos da gigante de alimentos, Eduardo Cunha recebia mesada da empresa para não delatar, com conhecimento do presidente Michel Temer.