quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Vídeo: prefeita de Capela diz que vai entrar com ação judicial contra Tony Salles

Foto: Reprodução/Instagram

Da Redação

Após uma confusão com o cantor Tony Salles neste fim de semana, a prefeita de Capela, no Leste de Sergipe, Silvany Mamlak (PSC), afirmou que pretende entrar com ação judicial contra o vocalista da banda Parangolé.

Em vídeo compartilhado em redes sociais nesta segunda-feira (3), Silvany afirmou que é “inadmissível” pagar R$ 130 mil por 30 minutos de show, sendo que a banda foi contratada para se apresentar por 1h30.

Tony se apresentou com sua banda na Festa de Nossa Senhora da Purificação, padroeira do município. Segundo a prefeita, ele chegou atrasado para o evento.

Segundo o AjuNews, ao descer da van, o cantor foi advertido pela prefeita por causa do atraso. Ela ainda chegou a dizer que ele nunca mais se apresentaria na cidade. O cantor respondeu: “Vá tomar no seu c*, rapaz”. Após a agressão verbal, o marido da gestora, o prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Cavalcante (PSC), reagiu empurrando Tony. “Respeite a minha mulher”.

Após se apresentar, Tony agradeceu a paciência do público por esperar o show e, nos Stories no Instagram, escreveu que só cantou no local “em respeito ao povo”.

03 de fevereiro de 2020, 15:11

Compartilhe: