terça-feira, 22 de junho de 2021

Vídeo mostra momento em que Polícia Federal entra na casa do prefeito de Candeias

Foto: Reprodução

Da Redação

Acusado de desviar recursos federais para a compra de respiradores e máscaras no último ano do primeiro mandato como prefeito de Candeias, em 2020, Dr. Pitágoras (PP) foi acordado bem cedo hoje (11) por agentes da Polícia Federal (PF) na casa onde mora e que está em nome da esposa, Soraia Cabral. O Toda Bahia recebeu um vídeo (confira abaixo) do momento em que os agentes abrem a porta principal da casa, por volta das 5h30, além de imagens da primeira-dama já com a polícia dentro da residência.

Os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão emitido pela Justiça Federal. O Toda Bahia teve acesso a uma cópia do documento, que determina a apreensão de processos administrativos, de pagamento, agendas, manuscritos correspondências, computadores, laptos, tablets, mídias de armazenamento de dados, arquivos eletrônicos e digitais, além de acesso a contas de e-mail.

O mandado de busca e apreensão que tem como alvo a primeira-dama de Candeias, que ocupava em 2020 cargo de secretária de Saúde

Os agentes ainda estão na prefeitura de Candeias, onde também cumprem o mandado. Dr. Pitágoras chegou a ser afastado pela Câmara de Vereadores em julho de 2020 por denúncias de irregularidades em compras de respiradores, mas se manteve no cargo por força de decisão judicial. O processo corre em segredo de Justiça.

Dr. Pitágoras é investigado porque comprou, sem licitação, oito respiradores no valor de R$175 mil cada junto à empresa Manupa Comércio, Exportações, Importação e Veículos Adaptados. O valor está bem acima da realidade de mercado.

Os agentes encontraram armas na residência do prefeito

Preso – Embora não tenha havido ordem de prisão, Dr. Pitágoras chegou a ser conduzido pelos policiais por porte ilegal de arma, por ter em casa uma espingarda de colecionador sem registro guardada em casa. Ele terá que pagar fiança para ser liberado.

O imóvel onde o prefeito mora e que recebeu a visita da PF está localizado na Rua Desembargador Teixeira de Freitas, no bairro da Pitanga. A proprietária, a primeira-dama Soria Cabral, que também foi acordada pela operaçao, é outra investigada, pois foi secretária de Saúde no primeiro mandato do marido.

A operação surpreendeu os moradores da cidade. Alguns foram até a porta da casa do prefeito para acompanhar o desfecho do caso.

 

 

11 de junho de 2021, 10:59

Compartilhe: