quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Vídeo: Bolsonaro chama Bonner de ‘canalha’ e ‘sem vergonha’

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro chamou o jornalista William Bonner de ‘canalha’ e ‘sem vergonha’ (ver vídeo ao final) durante uma conversa com apoiadores na manhã da última quinta-feira (7), na saída do Palácio da Alvorada.

O ataque veio após o âncora ter lido na noite de quarta (06) as declarações de Bolsonaro criticando a imprensa. No entanto, por tentar adotar o tom da fala do presidente, telespectadores apontaram que o jornalista fez uma imitação da voz de Bolsonaro.

“Pessoal da imprensa, sem vergonha, William Bonner, sem vergonha, vai ter seringa para todo mundo. William Bonner, por que seu salário foi reduzido? Porque acabou a teta do governo. Vocês têm que criticar mesmo. Quase R$ 3 bilhões por ano para a imprensa e grande parte para vocês, acabou a grana”, disse.

“Vocês falam que não comprei seringa agora. Por que? Porque quando fui comprar, o preço dobrou. Se eu compro, vão falar que eu comprei superfaturado. Não dou essa chance para vocês. O Brasil é um dos países que mais produzem seringas. Não vai ter falta de seringas”, disse. No final, Bolsonaro voltou a atacar Bonner: “Agora, estão dizendo que vai faltar seringa para outras doenças. São canalhas. Bonner, você é o maior canalha que existe, William Bonner. São canalhas. O tempo todo mentindo”.

Bolsonaro também alfinetou o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta dizendo que ele havia recomendado, no início da pandemia, que pessoas com sintomas leves não procurassem os hospitais.

Confira vídeo do Poder 360:

08 de janeiro de 2021, 15:28

Compartilhe: