quinta-feira, 18 de abril de 2019

Vandalismo causa danos financeiro e histórico em Salvador

A Prefeitura de Salvador avalia que, desde 2013, foram gastos cerca de R$ 3 milhões na restauração de 74 obras na cidade. A lista de ruoubos inclue os bustos em bronze do cineasta Glauber Rocha, nos Dois Leões, do Padre Antônio Vieira, na rua do Tesouro e partes do monumento ao Dois de Julho, que deve ser restaurado após o Carnaval, segundo informa o jornal A Tarde deste domingo (10).

Além desse balanço, depredações aconteceram recentemente em obras de Mário Cravo, na sede dos Correios, além de agressões ao monumento de Jorge Amado, no Imbuí, e pichações no busto de Edgard Santos, no Cabula.

A Guarda Civil Municipal afirma que realiza patrulhamento preventivo em toda a cidade e utiliza o sistema de monitoramento de câmeras. Segundo dados mais recentes, em 2018, foram 9 flagrantes de casos na capital baiana.

10 de fevereiro de 2019, 22:47

Compartilhe: