terça-feira, 16 de julho de 2019

Três times se apresentam no Dois de Julho

Foto: Reprodução

Reportagem TodaBahia

O cortejo do Dois de Julho deste ano, em Salvador, mostrou uma mudança em relação ao cenário de anos anteriores. Ao invés de uma polarização entre os grupos representantes do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e do governador Rui Costa (PT), um terceiro grupo destacou-se, o liderado pelo presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr (SD), correndo solto entre os dois grupos.

Crítica a Rui

Como já registrou Toda Bahia, o prefeito ACM Neto alfinetou mais uma vez o governador Rui Costa, que não compareceu ao cortejo. No lugar de Rui, quem hasteou a bandeira do Brasil foi o governador em exercício João Leão. O hasteamento da bandeira da Bahia coube ao presidente da Assembleia Legislativa Nelson Leal. Neto cuidou da bandeira da cidade.

Segue o líder

Com uma faixa na qual estava escrito “Segue o líder”, o vereador Geraldo Jr recebeu uma série de vereadores – ele contabilizou em mais de 20 – durante o cortejo que partiu da Lapinha. Geraldo é pré-candidato a prefeito de Salvador. Bruno Reis (DEM), vice-prefeito, também pré-candidato, teve o nome gritado por populares quando chegou ao local do hasteamento das bandeiras.

Time de Rui

Do time de Rui, um dos mais cortejados foi o senador Jaques Wagner. Por políticos não somente de seu campo. Ao chegar à Lapinha, o secretário municipal Leo Patres (Sempre) foi cumprimentar o galego. Durante o percurso, ele foi também abraçado por outro da base de Neto, Henrique Carballal, hoje no PV. Leão, que substituiu Rui no cortejo, não participou da caminhada com os caboclos.

02 de julho de 2019, 13:34

Compartilhe: