terça-feira, 20 de abril de 2021

Três municípios baianos não aderem ao ‘lockdown’ determinado por Rui Costa

Foto: Divulgação

Da Redação

O prefeito de Teixeira de Freitas (extremo sul da Bahia), Marcelo Belitardo (DEM), não aderiu ao decreto estadual assinado pelo governador Rui Costa (PT) que impõe desde sexta-feira (26) a restrição das atividades não essenciais no estado.

Assim, de acordo com o NewsBA, o comércio do município não fechará até as 5h da segunda-feira (1º), como estabelece a norma estadual. Segundo a prefeitura, a cidade vai cumprir só o decreto de toque de recolher, que limita as atividades e circulação de pessoas das 20h às 5h.

Em nota, a prefeitura afirmou que, segundo o decreto, pode instituir ou deixar de instituir medidas de restrição no combate à disseminação da covid-19 no município. Com isso, está permitida a celebração de culto nos templos religiosos até as 19h30, desde que obedeça as medidas estabelecidas nos protocolos de medidas sanitárias em vigor.

Além disso, atividades de comércio de rua, bares e restaurantes com atendimento presencial, shopping center, galerias de lojas e demais centros comerciais, poderão funcionar até as 20h. Os serviços de delivery de alimentação e bebida alcoólica poderão ter o funcionamento estendido até a 0h.

Resistência

Neste sábado (27), além de Teixeira de Freitas, outras duas prefeituras baianas desafiaram publicamente a determinação do Executivo estadual, permitindo que atividades não essenciais possam funcionar durante o final de semana: Caravelas e Itamaraju. Todos eles emitiram decretos municipais através de seus prefeitos, que justificaram a decisão por conta dos “interesses e da economia local” das cidades.

28 de fevereiro de 2021, 12:45

Compartilhe: