quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Três coligações em Salvador não cumprem cota de 30% de candidaturas femininas, diz jornal

Três coligações que disputam as eleições para vereador em Salvador descumprem a exigência de ter pelo menos 30% de mulheres entre as candidaturas, segundo levantamento feito pelo jornal A Tarde com base em dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As coligações para a eleição proporcional formadas por PCdoB-PSD-PT, PRP-PMN e PSOL-Rede ainda contam com proporção de candidatas inferior à de candidatos, e terão que fazer ajustes para adequar à cota determinada pela legislação eleitoral.

Segundo a Lei 9.504 (chamada de Lei das Eleições), “cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. Apesar de serem maioria no eleitorado, as mulheres ainda são minoria entre os candidatos. Em Salvador, segundo o TSE, do total de 1.038 candidatos a vereador, apenas 31% são mulheres (320 postulantes a uma vaga na Câmara Municipal).

24 de agosto de 2016, 10:30

Compartilhe: