terça-feira, 13 de novembro de 2018

SUS salva Bolsonaro; Médico vai receber R$ 367

Laís Rocha

O cirurgião vascular Paulo Gonçalves de Oliveira Junior, que foi chamado de emergência para ajudar na cirurgia do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, no hospital Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora, será remunerado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em R$ 367,06. As informações são Consuelo Dieguez, da Revista Piauí.

No levantamento feito pela colunista, Oliveira Junior fez parte da equipe cirúrgica que atendeu o Bolsonaro às pressas. O hospital receberá pela cirurgia R$ 1.090,80.

Nesta sexta-feira (7) pela manhã, o candidato foi transferido para o Albert Einstein, em São Paulo, hospital que rivaliza com o Sírio-Libanês a preferência dos políticos e de quem pode pagar pelos seus serviços.

08 de setembro de 2018, 17:55

Compartilhe: