terça-feira, 20 de abril de 2021

STF nega pedido de parcelamento de dívida de multa de Geddel

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Da Redação

O pedido de parcelamento da multa de R$1,6 milhão feito pela defesa do ex-deputado Geddel Vieira Lima foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin.

A multa é referente ao processo do bunker de R$ 51 milhões, que resultou na sentença de 14 anos e 10 meses de prisão para o político.

“À luz do exposto, indefiro o pedido de parcelamento da pena de multa fixada em desfavor de Geddel Quadros Vieira Lima”, escreveu Fachin.

A multa foi fixada como condição para a progressão do regime de Geddel. Além disso, o ex-ministro terá de quitar uma dívida judicial de R$ 52 milhões.

07 de abril de 2021, 12:56

Compartilhe: