sábado, 6 de junho de 2020

STF determina que Bolsonaro liste em 48 horas medidas adotadas contra a covid-19

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Da Redação

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (1º), determinou ao presidente Jair Bolsonaro que divulgue, em até 48 horas, as medidas adotadas para combater o avanço do novo coronavírus.

Alexandre de Moraes determinou o envio das informações porque a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu ao STF que cobre de Bolsonaro o cumprimento de algumas ações.

Entre as medidas solicitadas pela OAB estão: seguir o protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS); respeitar as determinações dos governadores; e não interferir na atuação do Ministério da Saúde.

“Diante da relevância da matéria suscitada, determino sejam solicitadas, com urgência, informações sobre o objeto da presente arguição, a serem prestadas pelo presidente da República no prazo de 48 (quarenta e oito) horas”, escreveu o ministro Alexandre de Moraes na decisão.

01 de abril de 2020, 21:31

Compartilhe: