quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

“Se for para o bem do grupo, meu nome está à disposição”, diz Wagner sobre eleições 2022

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Da Redação

O senador Jaques Wagner (PT) afirmou, nesta segunda-feira, 2, que não tem a pretensão de ser candidato ao governo da Bahia em 2022, mas se colocou à disposição do grupo se houver necessidade.

Apesar de ter seu nome sendo colocado pela militância como possível concorrente ao governo da Bahia, Wagner defende a renovação política do PT. “Essa é uma crítica que eu faço, pois vejo uma carência de formação de novos quadros. Digo que não é a minha pretensão ser candidato em 2022. Mas se for para o bem do grupo, meu nome fica a disposição”, afirmou durante entrevista ao programa Isso é Bahia, na Rádio A Tarde FM.

Sobre a eleição presidencial, o senador afirmou que, se Lula estiver impedido, há alguns nomes para a disputa. “O nome natural na fila é Fernando Haddad. Depois, temos o governador Rui Costa, Flávio Dino, governador do Maranhão”, disse.

02 de dezembro de 2019, 16:18

Compartilhe: