sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Revista Época faz “homenagem” a prefeito de Itabuna após declaração polêmica

Foto: Reprodução

Da Redação

A revista Época desta semana presta “homenagem” ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, após declaração polêmica em que ele afirmou que o comércio seria reaberto “morra quem morrer”.

A publicação o define como uma mistura anacrônica de Sinhozinho Malta e Odorico Paraguaçu, clássicos personagens da televisão brasileira dos anos 1970 e 1980.

“Sempre trajando pulseira, colar e relógio de ouro, Fernando Gomes, aos 81 anos, é um coronel sem papas na língua, de fala enrolada e jeito bruto. Recentemente, declarou que reabriria o comércio local “morra quem morrer”, em referência ao decreto de isolamento para conter a pandemia do novo coronavírus, que já matou quase 70 mil pessoas no país. A frase chocou pelo tom vil, constrangedor até mesmo para o infame prefeito de Sucupira, que nunca via problemas em pular ‘os entretanto’ e partir para ‘os finalmente'”, diz a matéria.

A revista relembrou feitos “pitorescos” do prefeito, que já propôs dividir a Bahia para criar o estado de Santa Cruz e chegou a levar a ideia para o Congresso, sem sucesso. Em 1991, abriu a porta de sua casa para a revista Veja e exibiu sua piscina decorada com cascata artificial de 4 metros de altura. Na ocasião, foi descrito como o “marajá dos marajás” por receber seis vezes mais que o então governador da Bahia. “Ali, deixou pistas sobre seu modo de fazer política: coronelismo e emprego de parentes na prefeitura”, diz a publicação.

Moradores de Itabuna ouvidos pela revista disseram que, nas eleições municipais de 2016, Gomes distribuiu gentilezas, enviando ônibus para buscar eleitores na zona rural da cidade. Há, também, a lembrança de distribuição de pequenos agrados, como botijões de gás. Quanto ao emprego de parentes, a esposa dele, Sandra Neilma Ramos Costa, é secretária municipal de Assistência Social.

No Tribunal de Justiça da Bahia empilham-se processos contra o prefeito, muitos por improbidade administrativa.

11 de julho de 2020, 12:00

Compartilhe: