quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Reforma da Previdência terá marca da Câmara, e não do Executivo, afirma presidente de comissão

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Redação

Um grupo de deputados decidiu que o projeto de reforma da Previdência sairá da Câmara com a marca do Parlamento, e não com a do Executivo. O deputado Marcelo Ramos, presidente da Comissão Especial que analisa a reforma, informou ao Estadão que a ideia é apresentar um substitutivo ao texto enviado pelo governo, de forma a garantir que o projeto tenha o “DNA da Câmara”, mas sem mudar os prazos de tramitação.

A decisão, ainda de acordo com Ramos, foi tomada em reunião na última quinta-feira, na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na ocasião, participaram os principais líderes do Centrão.

18 de maio de 2019, 19:33

Compartilhe: