sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Rapidinhas: TJ-BA acelera e emite mais de 42 mil sentenças em cinco dias

Foto: Divulgação

Davi Lemos

Em cinco dias, entre 13 e 17 de julho, 112.401 baixas em processos e 42.444 emissões de sentenças foram realizadas pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. O esforço foi durante mutirão que visa dar maior celeridade aos procedimentos do Poder Judiciário baiano, principalmente em período de pandemia pelo coronavírus. Essa foi a primeira “Semana de Sentenças e Baixas Processuais” realizada em 2020. Considerando a excepcionalidade do momento, o desempenho dos juízes do TJ-BA foi, neste ponto, exemplar.

Aras nega ação 1

Também na semana passada, uma suposta ação de busca e apreensão no escritório da advogada Rosângela Moro, esposa do ex-juiz Sérgio Moro, foi noticiada como iminente. O procurador-geral da República, Augusto Aras, negou. Disse, em nota, que “tal medida jamais foi cogitada uma vez que não há razão a sustentar a adoção de tal procedimento”. Segundo fontes do Toda Bahia, o Planalto seria a origem da “notícia” plantada em diversos sites e blogs na sexta-feira (17).

Aras nega ação 2

Segundo publicado na sexta, a diligência no escritório da esposa de Moro seria motivada por suposta renegociação da delação premiada de Rodrigo Tacla Duran, advogado que representou os interesses da Odebrecht entre 2011 e 2016. A ligação de Duran com a família Moro seria Carlos Zucolotto, ex-sócio de Rosângela. Duran disse ter feito pagamento a Zucolotto para ter benefícios em delação no âmbito da Lava Jato.

20 de julho de 2020, 15:08

Compartilhe: