quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Rapidinhas: Covas conversa com Neto sobre adiamento do Carnaval

Foto: Ravena Rosa/Agência Brasil

Davi Lemos

Em entrevista exibida no início da noite desta quarta-feira (15) no Programa Brasil Urgente, da Band, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, afirmou que conversou com o prefeito de Salvador, ACM Neto, sobre a antecipação da decisão sobre o adiamento do Carnaval de 2021 devido à pandemia da Covid-19. Segundo Covas, ACM Neto disse que uma decisão deveria ser tomada até três meses antes da folia, mas Covas afirmou que, em São Paulo, precisaria tomar a decisão seis meses antes dos festejos. Ainda segundo Covas, Neto não se opôs a também antecipar a decisão para que as datas do Carnaval coincidam nas cidades com as maiores festas.

Características

Ainda conforme o dito por Bruno Covas ao jornalista José Luiz Datena, o prefeito de Salvador ressaltou que a Folia de Salvador precisa ser organizada até pelo menos três meses antes de começar os festejos. Já em São Paulo, e provavelmente no Rio de Janeiro, o Carnaval precisa de maior antecedência para o preparo. A diferença consiste principalmente devido à maneira de organização dos desfiles das escolas de samba. Se uma decisão sobre o carnaval soteropolitano poderia ocorrer somente em novembro, essa resolução pode ocorrer então já em agosto.

Arena Aquática

O medalhista olímpico em Sydney 2000 e gerente de Esportes Aquáticos da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), Edvaldo “Bala” Valério, pleiteia que as atividades da Arena Aquática sejam retomadas pelo menos para os atletas de alto rendimento. Valério, que contou com o apoio do ex-secretário da pasta, Alberto Pimentel, ressaltou que, em outros estados brasileiros, os atletas retomaram a rotina de treinos. “Não será um retorno de qualquer jeito”, disse Valério. Em Salvador e outras cidades baianas, já se estuda o retorno do campeonato baiano de futebol, por exemplo.

15 de julho de 2020, 19:29

Compartilhe: