domingo, 27 de setembro de 2020

Queiroz realizou 21 depósitos na conta de Michelle Bolsonaro entre 2011 e 2018

Foto: Reprodução/SBT

Da Redação

Documentos obtidos pela Revista Crusoé revelam que Fabrício Queiroz depositou 21 cheques na conta de Michelle Bolsonaro, entre os anos de 2011 e 2018, com um valor total que chegaria a R$ 72 mil.

Segundo a revista, não consta nenhum depósito na conta do presidente Jair Bolsonaro, que havia justificado, em 2018, que um depósito de R$ 24 mil na conta de Michelle seria referente a um valor de um empréstimo de R$ 40 mil.

Com base na quebra do sigilo bancário, a reportagem mostra ainda que Queiroz recebeu R$ 6,2 milhões em suas contas entre 2007 e 2018. Desse total, R$ 1,6 milhão seriam salários recebidos como PM e assessor do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, hoje senador da República. Outros R$ 2 milhões teriam vindos de 483 depósito de servidores do gabinete de Flávio.

Queiroz é suspeito de comandar o esquema de rachadinha no gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro.

07 de agosto de 2020, 10:36

Compartilhe: