sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Prefeito de Candeias é afastado do cargo após suspeita de compra superfaturada de respiradores

Foto: Divulgação

Da Redação

A Câmara de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), acatou a denúncia contra o prefeito Doutor Pitágoras e decidiu, nesta quinta-feira (9), pelo afastamento do gestor por 90 dias. A decisão foi tomada por 9 votos a 8 e se refere a uma suposta compra superfaturada de respiradores e máscaras pela prefeitura.

De acordo com o Ministério Público Federal na Bahia (MPF), a suspeita é que a gestão pagou R$ 175 mil por cada um dos 8 ventiladores adquiridos, sendo que a prefeitura de Salvador teria comprado equipamentos do mesmo tipo pelo preço unitário de R$ 32 mil.

A denúncia chegou ao órgão após ser apresentada na Câmara Municipal por um morador.

09 de julho de 2020, 17:55

Compartilhe: