terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Polícia investiga mensagens racistas contra prefeita eleita negra em Bauru

Foto: Divulgação

Da Redação

A Polícia Judiciária de Bauru (SP) está apurando o relato de ataques racistas nas redes sociais contra a prefeita eleita de Bauru (SP), Suéllen Rosim (Patriota).

As mensagens foram divulgadas em um grupo do aplicativo WhatsApp e foram direcionadas a ela, que registrou um boletim de ocorrência após o segundo turno neste domingo (29). De acordo com o delegado Eduardo Herrera dos Santos, o caso é investigado como injúria racial. Ainda não foram identificados os suspeitos.

Em um dos trechos da mensagem postada no grupo, o agressor diz “não podemos eleger aquela mulher com cara de favelada para ser nossa prefeita. Essa gentinha irá afundar Bauru”.

Em outra mensagem, ele diz: “não tenho nada contra, mas essa gente de pele escura, com cara de marginal administrado essa cidade, será o fim”.

“Vivenciar algo assim a gente fica muito chateada, mas eu quero que sirva de exemplo, a gente não pode deixar esse tipo de situação passar, a gente não pode achar que isso é comum, simples e isso é aceitável. Muitas pessoas passam por isso e são silenciadas.”

30 de novembro de 2020, 23:47

Compartilhe: