segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Paraná mostra que Neto é o grande cabo eleitoral para a própria sucessão

Foto: Secom

Redação

A possível transferência de votos do prefeito ACM Neto (DEM) e Rui Costa (PT) para os seus candidatos à sucessão municipal gira em torno de 50%, de acordo com o levantamento do Paraná Pesquisas divulgado ontem pelo site BahiaNotícias.

Neto transfere 50% do apoio e Rui 52%, mas é apressado colocar os dois no mesmo patamar de transferência de votos. Primeiro, porque os candidatos do campo de Rui, excetuando-se Belitani, têm rejeição dinossáurica. Segundo, porque na pesquisa espontânea Neto tem 18% de intenção de votos, Bruno Reis (DEM), seu provável candidato, tem 2% e aparece um Antônio Carlos com 0,2% (que é o próprio Neto).

Na última medição da Paraná, ACM Neto tinha 26% na espontânea. O poder de cabo eleitoral do prefeito é muito grande. Ele deve ser o principal cabo eleitoral das eleições de 2020. É o que mostra a pesquisa.

Léo Prates, saindo do DEM para o PDT, Bruno (favorito) e Belitani, todos com baixa rejeição, são as apostas de ser o futuro prefeito.

12 de dezembro de 2019, 10:40

Compartilhe: