sábado, 11 de julho de 2020

Oposição vota contra tramitação em regime de urgência do novo pedido de empréstimo do governo

Foto: Divulgação

Da Redação

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) votou contra, nesta terça-feira (18), o requerimento de urgência do pedido de empréstimo de R$ 250 milhões feito pelo governo do estado junto ao Banco do Brasil. Os parlamentares da bancada criticaram a tramitação em regime de urgência de uma proposta que envolve grande volume de recursos e entende que o empréstimo é mais um cheque em branco dado ao governador Rui Costa (PT).

O deputado estadual Sandro Régis, líder do Democratas e líder em exercício da oposição, criticou o fato de o projeto não ter passado por nenhuma comissão. “Agora, vai ser votado desse jeito. A oposição não concorda com essa forma que se vota um projeto de R$ 250 milhões”, afirmou Régis.

Ele ressaltou que o governo nunca prestou contas dos empréstimos aprovados pela ALBA. “O governo nunca mostrou onde esses recursos foram aprovados. Enquanto isso, o estado segue se endividando, e a Assembleia tem contribuído para esse endividamento ao aprovar operações de crédito desta forma, sem que a finalidade seja claramente conhecida”, afirmou.

A oposição chegou a obstruir a votação, com pedidos de verificação de quórum, para barrar o requerimento de urgência e permitir, no mínimo, que o projeto tivesse uma tramitação devida, passando pelas comissões. Contudo, a bancada de governo conseguiu colocar mais de 32 deputados (quórum mínimo para votação) no plenário para aprovar a matéria.

18 de fevereiro de 2020, 21:59

Compartilhe: