quinta-feira, 24 de setembro de 2020

OAB repudia ação da polícia da Bahia contra jornalistas da Veja

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Da Redação

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, repudiou a ação de policiais da Bahia contra os jornalistas da revista Veja, Hugo Marques e Cristiano Mariz, considerando-a “abusiva”.

“Inadmissível, arbitrária e abusiva a detenção de jornalistas da revista Veja pela Polícia Militar da Bahia”, repudiou Santa Cruz. “Deve receber repúdio de todos que defendem a liberdade de imprensa e de expressão”, completou em entrevista à coluna Radar, da Veja.

Os jornalistas afirmam que foram detidos enquanto tentavam localizar o fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, que teria ajudado o miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega a se esconder na Bahia.

Nesta tarde, a SSP emitiu uma nota afirmando que a abordagem dos policiais aos jornalistas foi feita após moradores de uma localidade em Pojuca, Litoral Norte da Bahia, ligarem para polícia informando que homens, dentro de um carro, Gol, placa de Belo Horizonte, estavam rondando a região.

14 de fevereiro de 2020, 19:32

Compartilhe: