sábado, 27 de fevereiro de 2021

MPF investiga se Pazuello cometeu improbidade administrativa na gestão da crise da pandemia

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Da Redação

A Procuradoria da República no Distrito Federal abriu inquérito civil para apurar se o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, cometeu ato de improbidade administrativa em questões relativas à gestão da pandemia do coronavírus no país.

A procuradora Luciana Loureiro Oliveira, responsável pela apuração na esfera cível, vai verificar quatro pontos principais:

  • utilização de recursos públicos para compra de medicamentos sem eficácia comprovada para tratamento da Covid-19;
  • a suposta baixa execução orçamentária dos recursos federais nas ações específicas de combate à Covid-19;
  • será verificada uma eventual compra insuficiente de equipamentos de proteção individual e insumos aos SUS no combate à pandemia;
  • a suposta omissão de providências do Ministério da Saúde quanto a ações relacionadas à aquisição de vacinas, inclusive campanhas de vacinação.

22 de fevereiro de 2021, 20:29

Compartilhe: