segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Movimento entra na Justiça contra fechamento do Odorico Tavares

Foto: Divulgação

Redação

O movimento de luta pela manutenção do Colégio Estadual Odorico Tavares entrou na Justiça para tentar evitar o fechamento da instituição. Segundo o Correio*, a ação popular contra a decisão do governador Rui Costa foi impetrada ontem.

O processo foi protocolado no Fórum Ruy Barbosa, na Vara da Fazenda Pública, pelas advogadas Juliana Caires e Jeane Ferreira. Ainda de acordo com o Correio*, elas entraram com um pedido de liminar para que a justiça suspenda o fechamento do colégio e a venda do terreno, localizado no metro quadrado mais caro de Salvador.

Com isso, a ação busca garantir a reabertura da renovação de matrículas dos alunos para o ano de 2020, suspensas pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC).

O documento solicita também que a instituição possa ofertar vagas de transferência de estudantes e matrícula nova para o ensino médio, tudo ainda neste mês de janeiro, sob pena de pagamento de multa diária no valor de R$ 100 mil, a ser revertida para o próprio colégio.

14 de janeiro de 2020, 09:02

Compartilhe: