quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Justiça determina que Romário pague R$ 385 mil de aluguéis atrasados

Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O senador Romário (Podemos-RJ) foi condenado pela 7ª Vara Cível de Brasília a pagar os aluguéis atrasados referentes a uma casa no Lago Sul, área nobre do Distrito Federal. Segundo a sentença, ele terá de desembolsar ao menos R$ 385 mil.

A casa fica na margem do Lago Paranoá, na área mais valorizada de Brasília. Romário morou no imóvel de 2012 a 2016, período em que já era parlamentar – ele foi deputado até fevereiro de 2015, quando assumiu uma cadeira no Senado.

No período em que ocupou o imóvel, Romário não recebeu auxílio-moradia nem usou imóvel funcional, segundo os registros da Câmara dos Deputados e do Senado.

Além de quitar a inadimplência, o ex-jogador terá 30 dias para demolir um píer e um campo de futebol construídos sem autorização, para uso privado, em um terreno público próximo ao imóvel.

O valor será reajustado com juros e inflação quando o processo transitar em julgado – ou seja, quando não houver mais possibilidade de recurso ou quando o senador acatar a decisão sem recorrer dela.

17 de setembro de 2019, 16:02

Compartilhe: