terça-feira, 20 de abril de 2021

Jipeiros comemoram dia dedicado a eles na esperança de retorno às trilhas

Foto: Alexandre Reis

Da Redação

Amantes dos veículos 4×4 comemoram hoje, dia 4 do mês 4, o Dia do Jipeiro. Na Bahia, existem diversos clubes de off road, prática que é considerada por muitos adeptos como um esporte ou hobby – enquanto por outros, é um verdadeiro estilo de vida. Por aqui, os jipeiros aguardam ansiosos pelo controle da pandemia e o afrouxamento das medidas restritivas para retomar as tão desejosas trilhas, seja na lama, na mata fechada, nos espaços indoor ou no litoral.

“Tudo que você puder dizer de positivo, eu encontro no off road. Tem amor, simpatia e realização. E o melhor: tudo isso: com muito churrasco e companheirismo”, disse o presidente do Free Road 4×4, Miguel Carneiro, em depoimento gravado para o documentário “Loucos por Chão”, produzido e dirigido pelo jipeiro e jornalista Alexandre Reis e pela Luzeiro Filmes, com gravações que aconteceram antes da pandemia.

O documentário, que deve ser lançado este ano, acompanhou os principais eventos do off road do estado, além de entrevistar personalidades que fazem parte do presente e da história do esporte, a exemplo do próprio Miguel Carneiro, mais conhecido com o Urubu, que participou ativamente do Jeep Clube da Bahia, a primeira agremiação de 4×4 da Bahia, e da fundação da segunda, o Bahia Off Road.

Além de organizar viagens 4×4 para a região amazônica, Urubu é um dos maiores ativistas do calendário de eventos do segmento em Salvador e no interior. O Free Road promove, por exemplo, a Trilha do Dendê, em Taperoá, no litoral sul, e o Jeep Cross Conde, em Conde, no litoral norte da Bahia. Ambos os eventos, suspensos em 2021, geram renda nas cidades onde são realizados. Por isso, costumavam ter o apoio das prefeituras locais.

Confira o trailer do documentário:

Pandemia atinge prática

Clubes tanto da capital e região metropolitana quanto de cidades do interior do estado, a exemplo de Mata de São João, Alagoinhas, Paulo Afonso e Vitória da Conquista, possuem um calendário ativo de eventos off road, além das tradicionais trilhas e passeios de final de semana e feriados. Entretanto, com a pandemia do novo coronavírus, praticamente toda essa agenda foi suspensa em 2020, apesar dos protestos de muitos jipeiros que se posicionam politicamente contra as medidas restritivas impostas por governadores e prefeitos.

Em Cícero Dantas, o clube de 4×4 Os Doidos é responsável por organizar um dos eventos que mais vinha crescendo antes da crise sanitária: a Trilha do Caju. “Ano passado, o off road parou na Bahia e em Sergipe, e não tivemos como realizar nosso evento também. Esperamos que esse ano a situação melhore e que a gente possa fazer acontecer”, afirmou Alessandro Matos, presidente da agremiação e amante dos jipes Willys.

“Não vemos a hora de reencontrar os amigos nas trilhas. O off road é diversão. Quem pratica o 4×4 já é uma pessoa diferente, pois não tem nada igual. No nosso esporte, por exemplo, não deixamos ninguém para trás”, acrescentou Alessandro, se referindo a uma das máximas do esporte, que é a de resgatar aqueles que atolam no caminho

04 de abril de 2021, 20:19

Compartilhe: