quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Irmão de ex-presidente do TRT5 é apontado como líder do esquema de venda de decisões da Corte

Foto: Divulgação

Redação

O advogado Henrique Aguiar, irmão da desembargadora e ex-presidente do TRT5, foi citado em todos os interrogatórios como o responsável por constatar outros advogados para vender decisões que pudessem favorecer seus clientes. As informações são da coluna Satélite, do jornal Correio.

Um dos advogados que foi contatado por Aguiar afirmou que, em um dos encontros, foi solicitado que os celulares dos participantes fossem desligados  e colocados em cima da mesa.

Segundo a publicação, pelo menos três desembargadores corroboram com os relatos, que foram cruciais para o MP e a Polícia Federal na deflagração da Operação Injusta Causa na quarta-feira, que fechou o cerco contra quatro magistrados e três advogados.

Entre os desembargadores alvo de busca e apreensão, estava, de acordo com a Satélite, Esequias Pereira de Oliveira, pai do advogado Esequias Segundo, que, por sua vez, é casado com a também advogada Aline Cotrim, filha do governador Rui Costa.

 

13 de setembro de 2019, 09:26

Compartilhe: