domingo, 1 de agosto de 2021

Humorista viraliza com sátira a e-mails não respondidos pelo governo à Pfizer; confira vídeo

Foto: Reprodução

Da Redação

O termo “Pifaizer” se tornou um dos assuntos mais comentados da internet nesta quinta-feira (10), após um vídeo que viralizou nas redes sociais em que a empresa Pfizer é citada com essa pronúncia.

O vídeo foi publicado por um humorista mineiro que se identifica como Esse Menino, 24. Nele, o rapaz finge ser um representante da farmacêutica e estar escrevendo e-mails para oferecer lotes de vacina contra a Covid-19. “Aqui quem fala é ela, a Pfizer”, diz ele, em tom de brincadeira.

Durante a CPI da Covid, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse que 81 correspondências foram enviadas pela Pfizer ao governo federal entre março de 2020 e abril deste ano. Cerca de 90% não teriam recebido resposta da gestão Jair Bolsonaro (sem partido).

No vídeo de Esse Menino, a cada e-mail ignorado, o tom de indignação vai aumentando. “Favor ignorar os últimos e-mails”, diz no final. “Acontece que agora a gente já fechou com New York, muito melhor que vocês, eles têm a Lady Gaga. Ela é metade italiana, você sabia? Fique aí com a sua Juliana Paes. Beijo e boa sorte.”

Esse Menino começou a carreira em 2018 com vídeos no Instagram em que fala sobre política, cultura pop e comportamento de forma bem-humorada. Em 2019, ele também passou a fazer apresentações de stand up. Além de humorista, ele é roteirista.

11 de junho de 2021, 18:06

Compartilhe: