sexta-feira, 10 de abril de 2020

‘Hackers’ atacam OMS em meio à pandemia de Covid-19

Foto: Agência Brasil

Da Redação

Hackers de elite tentaram invadir sistemas da Organização Mundial de Saúde(OMS) no início deste mês, disseram fontes à Reuters, parte do que um importante funcionário da entidade disse ter sido um aumento de mais de duas vezes nos ataques cibernéticos contra a entidade.

O vice-presidente de segurança da informação da OMS, Flavio Aggio, disse que a identidade dos hackers não está clara, mas a tentativa de invasão não obteve sucesso. Ele alertou que as ações de hackers contra a agência e seus parceiros dispararam em meio à campanha do órgão global para combate ao coronavírus, que matou mais de 15 mil pessoas no mundo.

A tentativa de invasão da OMS foi revelada por Alexander Urbelis, especialista em segurança cibernética e advogado do Blackstone Law Group de Nova York, que monitora atividades suspeitas em registros de domínios da internet.

Urbelis disse que notou a atividade por volta de 13 de março, quando um grupo de hackers que ele monitorava ativou um site malicioso que imita o sistema de email interno da OMS. “Percebi rapidamente que se tratava de um ataque à Organização Mundial da Saúde”, afirmou.

Urbelis disse que não sabia quem era o responsável, mas duas outras fontes suspeitam de um grupo avançado de hackers conhecido como DarkHotel, que realiza operações de espionagem cibernética desde pelo menos 2007.

 

23 de março de 2020, 21:39

Compartilhe: