sábado, 20 de julho de 2019

Governo da Bahia promove georreferenciamento de imóveis rurais em Correntina

Foto: Wikipedia

Os imóveis de 300 famílias de agricultores familiares do município de Correntina, no Território de Identidade Bacia do Rio Corrente, estão sendo georreferenciados. O processo, que permite identificar e definir em campo os limites de cada imóvel, resultará na emissão do título de terra.

A ação faz parte do Projeto Agenda Territorial Terra Livre (AG-TER), gerenciado pela Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan), envolvendo também a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, órgão da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e o Consórcio Multifinalitário dos Municípios do Oeste da Bahia (Consid).

Morador da comunidade de Santo Antônio, em Correntina, Lourivaldo Manoel Barbosa destacou a emoção proporcionada pelo recebimento do título de terra. “Termos o documento da terra é muito importante porque vai mudar muito a nossa vida. Hoje temos somente um comprovante. Com o título, seremos oficialmente o dono da terra”, afirmou.

O AG-TER recebe investimentos de R$ 2 milhões para promoção da regularização fundiária, da regularização ambiental e da regularização cadastral. O serviço beneficiará, aproximadamente, 2 mil famílias de agricultores familiares dos municípios de Barra, Buritirama, Cotegipe e Muquém do São Francisco, situados na região oeste da Bahia.

15 de maio de 2019, 18:08

Compartilhe: