quinta-feira, 18 de abril de 2019

Gastos com pessoal do TJ-BA ultrapassam limite de alerta previsto na LRF

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ) fechou as contas de 2018 com o sinal amarelo ligado. Os gastos com pessoal na Corte aumentaram 11% no ano passado e ultrapassaram o limite de alerta previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, de 5,40% da receita corrente líquida (RCL) do estado, segunda informa Jairo Costa Jr na Coluna Satélite do Correio*. Entre janeiro e dezembro em 2018, o TJ gastou cerca de 1,8 bilhão com a folha de pagamento, equivalente a 5,69% da RCL. O percentual ficou próximo do limite prudencial, de 5,70%. No ano anterior, a despesa foi em torno de R$ 1,6 bilhão. No final do ano passado, o TJ precisou de suplementação do governo do estado de R$ 149 milhões para fechar as contas.

10 de fevereiro de 2019, 12:00

Compartilhe: