domingo, 27 de setembro de 2020

Família de empresário morto por Iuri Sheik vai se mudar após ex-influenciador digital ser solto

Foto: Reprodução/Correio*

Da Redação

Em entrevista ao Correio*, a mãe do empresário William Oliveira, morto ano passado por Iuri Sheik, afirmou que pretende se mudar depois de a Justiça conceder habeas corpus ao ex-influenciados digital

Nélia de Oliveira, de 51 anos, afirma temer pelas netas. “Temo pela vida de minhas netas. São crianças e não têm como se defender. Meu filho, que era maior e mais forte que ele não teve chance de defesa, imagina elas. Ele é um assassino confesso. Tirou a vida do meu filho porque tinha muita inveja dele, porque meu filho era mais querido, porque as pessoas sabiam que o meu filho era um homem de caráter, honesto e trabalhador, ao contrário de quem o matou covardemente. Todo mundo sabe, mas tem medo de falar dele”, disse ela ao Correio*.

Nélia expõe também o medo que tem ao saber que o ex-influenciador está solto. “A gente tem medo e por isso vive se mudando. Ele é frio e já demonstrou isso matando o meu filho. Poderá se vingar na gente. Já me mudei duas vezes e agora vou sair de novo”

O Tribunal de Justiça da Bahia concedeu habeas corpus a Iuri Sheik na última segunda-feira, quando ele deixou o Complexo da Mata Escura, em Salvador. O habeas corpus foi deferido pelo desembargador Eserval Rocha.

A mãe de William não esconde a indignação. “Como é que o Ministério Público diz uma coisa e a Justiça faz outra? Na semana retrasada, a Justiça havia negado o habeas corpus. Todo mês ele pedia, alegando pneumonia, por conta do coronavírus. Quero que a Justiça seja justa!”, desabafou

16 de setembro de 2020, 08:36

Compartilhe: