segunda-feira, 21 de setembro de 2020

“Falta o olho no olho”, diz Daniela Mercury sobre ‘lives’ na pandemia

Foto: Divulgação

Da Redação

A cantora Daniela Mercury, que teve sua live incluída em uma lista das dez melhores do mundo, disse, em entrevista à revista Veja, que sente falta do “olho no olho” nas transmissões pelas redes sociais.

Questionada pela publicação se Daniela esperava entrar nesse rol, ela afirmou: “o show foi vivo, me diverti horrores e terminei realizada. Esses são bons indicadores de que deu certo. Não acompanhei muitas lives, mas acredito que, sim, a minha merece estar entre as melhores do mundo”.

“A senhora disse que constar nesse ranking é mais importante do que o Grammy, que ganhou em 2007. Não é exagero?”, questionou o repórter da Veja. “Não. Em premiações como o Grammy competimos com artistas do mesmo gênero musical ou país. Agora, fui comparada com gente dos mais diversos gêneros de todo o planeta. Por isso valorizei tanto a menção”, respondeu a cantora.

De acordo com Daniela, “os shows on-line são muito mais cansativos emocionalmente, pois você precisa manter o público atento do começo ao fim, sem contar com o olho no olho para medir a temperatura”.

09 de agosto de 2020, 11:44

Compartilhe: