terça-feira, 25 de junho de 2019

Exclusivo: Grupos católicos divulgam que Bolsonaro consagrará o Brasil ao Coração de Maria

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Davi Lemos

Maria passa na frente?

Grupos católicos estão divulgando em sites e nas redes sociais que o presidente Jair Bolsonaro, ao lado do bispo Dom Fernando Rifan (da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney), consagrará o Brasil ao Imaculado Coração de Maria, nesta terça-feira (21), às 14h.

O bispo católico é responsável pelos fiéis que assistem à missa no rito antigo ou tridentino e está sob a jurisdição do Papa Francisco e iria ao encontro do presidente acompanhado de deputados da Frente Parlamentar Católica. Rifan é muito ligado à deputada federal Chris Tonietto (PSL/RJ). Realmente o governo precisa de muita oração e da intercessão de Maria para entrar no eixo. Amém!

Aleluia contra MBL

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) saiu em defesa da presidente do PSL na Bahia, deputada federal Dayane Pimentel, que foi acusada pelo coordenador estadual do MBL, Siqueira Júnior, de cometer “estelionato eleitoral”. Os ataques de Siqueira foram também dirigidos ao prefeito ACM Neto, no sábado (18). Aleluia disse que o MBL perdeu o rumo.

Cards contra o Democratas

Logo após as críticas do vereador, cards foram espalhados nas redes sociais e grupos de WhatsApp na qual Alexandre Aleluia, ACM Neto, o vereador Duda Sanches, dentre outros do DEM, figuram como membros do “Centrão” que querem inviabilizar o Governo Bolsonaro. Alexandre identificou as digitais de dois assessores de Cézar Leite na ação.

Cézar Leite no Conselho de Ética

Em resposta à suposta ação dos assessores de Leite, Aleluia ingressou nesta segunda-feira (20) no Conselho de Ética da Câmara Municipal com uma representação contra Cézar Leite (PSDB). Na representação, o democrata também pede as exonerações de Siqueiro Jr e de outra assessora, Natascha Rodewwig, que integram o gabinete do tucano e teriam espalhado as “fake news”.

20 de maio de 2019, 18:49

Compartilhe: