domingo, 5 de abril de 2020

EUA tem explosão de venda de armas e munição em meio à pandemia do coronavírus

Foto: Divulgação/Josué Damacena (OC Fiocruz)

Da Redação

Os Estados Unidos registram uma corrida de americanos para lojas de venda de armas de fogo e munição em meio à pandemia do novo coronavírus, que já soma mais de 55 mil casos e de 700 mortes nesse país.

Proprietários e funcionários de lojas de armas no país relatam que, nas últimas semanas, houve um salto nas vendas, com lojas lotadas e longas filas nas calçadas. Em diversos locais, há o temor de que os estoques de munição não sejam suficientes para atender à demanda.

“A procura aumentou 800%”, diz à BBC News Brasil o proprietário da Dong’s Guns, Ammo and Reloading, David Stone, cuja loja de armas, em Tulsa, é uma das mais antigas no Estado de Oklahoma, em operação desde 1946.

Muitos americanos estão se armando com medo de que a pandemia e os consequentes efeitos negativos na economia levem à falta de mantimentos e aumento da criminalidade. Alguns dizem temer que, em caso de caos generalizado, a polícia, sobrecarregada, não tenha capacidade para proteger a população. As informações são do site Terra.

 

25 de março de 2020, 19:28

Compartilhe: