terça-feira, 22 de junho de 2021

Estudante da zona rural de Senhor do Bonfim ganha prêmio com aplicativo e vai conhecer Vale do Silício

Foto: Reprodução/Acervo Pessoal

Da Redação

Um estudante, morador de Várzea do Mulato, povoado de menos de 200 habitantes há 20 km de Senhor do Bonfim, no Centro Norte baiano, terá a oportunidade de conhecer o Vale do Silício.

Darlei Pereira da Silva, de 25 anos, é geógrafo e estudante de Engenharia da Computação. Em dezembro de 2020,  ele se inscreveu para a 9ª edição do Campus Mobile, concurso de tecnologia e inovação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com o Instituto Claro.

Seis meses depois, Darlei recebeu a notícia de que ele recebeu um prêmio no valor de R$ 6,8 mil e uma viagem com tudo paga para o Vale do Silício, na Califórnia (EUA), onde ficam as principais empresas de tecnologia do mundo.

Em entrevista ao Correio*, Darlei conta que, antes de iniciar o curso superior na Universidade Federal do Vale do São Francisco, não tinha tido sequer contato com nenhum computador.

“Não tinha internet em minha casa. Se tinha internet no povoado, era só meia-noite que pegava. Mas quando botava para rodar os softwares, ele praticamente falhava, não conseguia usar”, lembra.

Darlei é o primeiro da família a ingressar em uma universidade federal e faz parte da primeira turma a receber o diploma de geógrafo na Univasf.

O aplicativo que ele criou é “Educação + Cuidados da Saúde = –Doença (E + CS = -D)”, e é voltado para ensinar crianças e adolescentes sobre a prevenção da dengue, chikungunya, zyka, gripe e Covid-19.

10 de junho de 2021, 11:57

Compartilhe: