domingo, 7 de junho de 2020

“Estamos enfrentando obstáculos para termos médicos suficientes”, diz Rui sobre a pandemia

Foto: Camila Souza / GOVBA

Thyara Araujo

O governador da Bahia, Rui Costa, afirmou hoje (20), em coletiva à imprensa, que o estado enfrenta dificuldades para compor todo o quadro de médicos necessários nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) que estão sendo abertas por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Chamo a atenção das pessoas para a gravidade da situação. Daqui a dois ou três dias teremos mais leitos abertos, mas estamos tendo obstáculo de equipe médica. Hoje temos equipamentos e hospital novo em Jequié, por exemplo, mas ainda não reunimos médicos suficientes para abrir a UTI. Temos que ter médicos para preencher todos os plantões”, afirmou.

Em seguida, ele disse que, se chegar ao limite, vai tomar nova medida: “vamos pedir autorização para contratar pessoas que tenham formação, habilidades e experiência, mas que eventualmente, por não ter durante 5 anos o Revalida no Brasil, essas pessoas não tiveram condições de validar seus diplomas”.

Segundo Rui, na manhã de hoje (20), 62 pessoas aguardavam leitos de UTI em Salvador. “Chegamos ao nível de esgotamento da quantidade de UTIs que temos hoje abertas, mas é evidente que vamos continuar abrindo novos leitos de UTI. Recebemos 159 respiradores e 100 monitores. Amanhã devemos receber mais 60 respiradores comprados da China, mas esses equipamentos são para todo o Estado da Bahia”, afirmou.

 

20 de maio de 2020, 18:11

Compartilhe: