domingo, 27 de setembro de 2020

Equipe de Guedes quer reduzir subsídios do Minha Casa Minha Vida

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Da Redação

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, quer reduzir em quase 70% o volume dos subsídios do FGTS no valor dos financiamentos habitacionais para beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida.

Segundo o site do jornal O Globo, uma proposta apresentada pela equipe econômica do governo Bolsonaro ao grupo técnico que assessora o conselho curador do FGTS prevê reduzir para R$ 3 bilhões o volume de recursos aprovado nos orçamentos deste ano e no próximo.

Estão previstos pelos dois orçamentos R$ 9 bilhões de cada para essa finalidade, segundo o plano plurianual do FGTS. A equipe de Guedes alega a necessidade de melhorar a rentabilidade das contas dos trabalhadores vinculados ao FGTS.

Os subsídios funcionam como uma ajuda que o FGTS dá às famílias com renda entre R$ 2,6 mil e R$ 4 mil na hora de tomar financiamento. O valor do desconto depende da renda do mutuário e pode chegar até R$ 47,5 mil do total do financiamento.

14 de fevereiro de 2020, 11:04

Compartilhe: