sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Donos de escola particular em Barra do Choça são acusados de aplicar golpe em pais de alunos

Foto: Reprodução/TV Bahia

Redação

Pais da cidade de Barra do Choça acusam um casal dono de uma escola particular na cidade de aplicar um golpe. Segundo o G1, a delegada responsável pelo caso afirmou que eles fugiram após realizarem a matrícula dos alunos na Escola Bem Me Quer e não devolveram o dinheiro aos pais.

Os alunos e funcionários da escola contaram à polícia que os proprietários da escola, identificados como Gabriela Silva de Castro Barreto e Jarbas Pinto Barreto, levaram o mobiliário da escola e documentos dos estudantes e colaboradores.

A delegada diz que os pais dos estudantes receberam uma mensagem do casal, na semana passada, que dizia: “Há poucos dias, firmamos uma importante parceria entre escola e família”, terminando com um agradecimento e “pela confiança depositada” na instituição.

Três dias depois, o casal desapareceu e a escola permaneceu fechada. No último sábado(18), os funcionários do colégio receberam uma mensagem do casal que falava que a escola não ia fechar.

Mas, no mesmo dia, os pais da escola voltaram a receber uma mensagem do casal, informando que a escola estava encerrando as atividades “por não alcançar a quantidade de matrículas necessárias para o início do ano letivo”.

Conforme apurou o G1, os pais dos alunos contaram que a mensagem também pede dados bancários para a restituição das matrículas já pagas e um e-mail para envio de documentação, mas, até então, o casal não fez a transferência do valor pago. Funcionários também reclamam de atraso nos salários

24 de janeiro de 2020, 09:03

Compartilhe: