terça-feira, 14 de julho de 2020

Dom Murilo retornará ao convívio em congregação religiosa

Foto: Reprodução/Youtube

Davi Lemos

Novo arcebispo de Salvador, Dom Sérgio, toma posse nesta sexta (5). Foto: Divulgação

O administrador apostólico da Arquidiocese de Salvador, Dom Murilo Krieger, afirmou, em vídeo publicado nesta quinta-feira (4) no YouTube, que passará a viver na congregação religiosa da qual faz parte: Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, ou Dehonianos. O arcebispo emérito também seguirá recomendação feita pelo papa Francisco a arcebispos e bispos eméritos: que se dediquem a uma vida de oração após a aposentadoria. “O meu amor à Igreja continua, a Jesus Cristo. Apenas vai mudar o meu modo de trabalhar”, disse Dom Murilo.

Congregação de padres cantores

A Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus é famosa no meio secular pelos padres Zezinho (compositor de muitos clássicos do cancioneiro católico), Joãozinho (também cantor e teólogo) e, talvez o mais famoso atualmente, padre Fábio de Melo (formado na Congregação, mas que atualmente vive como sacerdote secular ligado a uma diocese). Os Dehonianos também têm o Padre Léo (1961-2007), cujo processo de beatificação foi aberto na Arquidiocese de Florianópolis (SC), em março deste ano.

Oração e ação

Dom Murilo, no vídeo postado, disse que irá “aproveitar esse momento para rezar muito por todas as pessoas que Deus foi colocando em meu caminho”. Em Salvador, foram milhares de pessoas das quais o arcebispo se aproximou, destacando-se em ações fora das paredes das igrejas, como as intermediações de acordos durante greves de policiais militares, como em 2012 e 2014, quando teve papel de destaque. No âmbito eclesial, foi durante o pastoreio dele que os soteropolitanos viram ser beatificada e canonizada Santa Dulce dos Pobres.

Posse

A posse do novo arcebispo de Salvador ocorrerá nesta sexta-feira (5), na Catedral Basílica, no Terreiro de Jesus. Dom Sérgio da Rocha, 60 anos, era até então arcebispo de Brasília e foi criado cardeal pelo papa Francisco em novembro de 2016. Com a posse de Sérgio da Rocha, Salvador terá um cardeal que poderá participar de um conclave, ou seja, a eleição de um papa. Dom Sérgio também foi presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre 2015 e 2019.

04 de junho de 2020, 19:29

Compartilhe: