terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Defesa dos irmãos Vieira Lima se pronuncia após PGR pedir condenação de Geddel por 80 anos

Thyara Araujo

A defesa dos irmãos Vieira Lima divulgou na tarde de hoje (9) uma nota à imprensa após a Procuradoria Geral da República (PGR) pedir a condenação do ex-ministro Geddel por 80 anos e do deputado Lúcio Vieira Lima por 48 anos e seis meses.

Confira a nota na íntegra:

“A defesa de GEDDEL QUADROS VIEIRA LIMA e LUCIO QUADROS VIEIRA LIMA lamenta que o Ministério Público tenha ignorado todas as provas produzidas na instrução processual e ofereça alegações finais lastreadas em vazias afirmações não comprovadas durante a instrução processual e em elementos de prova marcados por flagrante ilicitude. Serão oferecidas tempestivamente alegações finais pela defesa, que aguarda que seja proferido acórdão absolutório, haja vista a inexistência de elementos mínimos de prova que permitam uma condenação. A defesa confia na imparcialidade do Judiciário, cuja analise será feita unicamente pelo que consta do processo o que, certamente, levará à absolvição.

Gamil Foppel”

09 de janeiro de 2019, 18:07

Compartilhe: