quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Defesa de Lula pede que STF compartilhe dados da Vaza Jato

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Redação

A defesa do ex-presidente Lula apresentou hoje um habeas corpus ao STF, solicitando que o ministro Alexandre de Moraes compartilhe as conversas da força-tarefa da Lava Jato que foram vazadas e apreendidas na Operação Spoofing. As informações são do blog do jornalista Tales Faria.

O ministro Alexandre de Moraes é o relator do inquérito que investiga fake news contra ministros da Corte. Ele requisitou à 10a Vara Federal todo o material apreendido com os hackers.

Na avaliação do advogado Cristiano Zanin, um dos defensores de Lula, “é incontroverso na jurisprudência do STF que provas, mesmo que ilícitas, podem ser usadas na defesa dos acusados”. Essa visão é também compartilhada pelo ministro Gilmar Mendes, que já declarou publicamente que provas ilícitas podem ser usadas quando comprovam inocência de acusados.

13 de agosto de 2019, 11:03

Compartilhe: