domingo, 1 de agosto de 2021

Dayane Pimentel critica ida de Ciro Nogueira à Casa Civil e lembra que senador já defendeu “Lula livre”

Foto: Divulgação

Da Redação

Ex-aliada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) criticou a escolha de Ciro Nogueira (PP-PI) para a chefia da Casa Civil.

A deputada lembrou que o senador já foi defensor do “Lula livre” e publicou nas redes sociais uma imagem da campanha de 2018, em que o progressista vincula sua imagem ao petista.

“Ciro Nogueira (defensor do Lula Livre) está sendo cotado para ministro de Bolsonaro, na Casa Civil. Atualmente, ele já é um dos homens de confiança do Presidente. Vale lembrar que ele é investigado pela Lava Jato, mas Bolsonaro disse acabar com a operação porque no governo dele ‘não tem corrupção’. Tire suas conclusões”, escreveu a parlamentar.

Dança das cadeiras

O atual chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, confirmou que está de saída da pasta. À colunista Eliane Cantanhêde, do Estadão, ele se disse surpreso com a sua demissão.

“Eu não sabia, estou em choque. Fui atropelado por um trem, mas passo bem”, disse o ministro

Hoje pela manhã, o presidente Jair Bolsonaro confirmou as mudanças em uma entrevista à rádio Banda B, do Paraná.

Segundo Bolsonaro, Ramos vai assumir a Secretaria Geral da Presidência da República, hoje ocupada por Onyx Lorenzoni.

Já Onyx vai assumir o Ministério do Emprego e Previdência, que cumprirá as funções do antigo Ministério do Trabalho.

A pasta será criada a partir do desmembramento do Ministério da Economia, chefiado por Paulo Guedes desde o início da gestão Bolsonaro.

22 de julho de 2021, 10:33

Compartilhe: