terça-feira, 20 de abril de 2021

Dayane Pimentel ataca Bolsonaro e vira alvo nas redes: “quem pariu Mateus que balance”

Foto: Divulgação

Da Redação

Ex-bolsonarista, a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) hoje (07), nas redes sociais. Mas não demorou muito para virar alvo de ataques de pessoas e grupos ligados ao mandatário da nação e também ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Os bolsonaristas acham que o Brasil ainda não descobriu que o discurso de 2018 foi tudo mentira. O Brasil já sabe que Bolsonaro não é o candidato do combate à corrupção, do combate ao sistema e muito menos que cuida do povo com ordem e progresso. Bolsonaro estará descoberto em 2022”, escreveu a parlamentar no Twitter.

A deputada foi chamada de “esquerdista” em grupos de WhatsApp e rebatida em inúmeros comentários à publicação no próprio Twitter. “Como muitos, você é mais uma traidora que foi eleita na onda de Bolsonaro. Você me envergonha como baiana que sou”, disse uma seguidora. “Apoiou (o atual presidente) para obter os votos. Agora já está querendo ir para o PSDB. A Bahia já sabe quem você é, aguarde”, comentou outra.

Apoiadores do ex-presidente Lula também se manifestaram, de forma irônica. “Quem pariu Mateus, que balance”, escreveu um seguidor. Houve ainda quem postasse vídeos ou memes da deputada ao lado de Bolsonaro, no tempo em que ambos eram aliados.

Dayane chegou a responder a um dos comentários mais críticos, afirmando que apoiou Bolsonaro por acreditar que ele queria combater a corrupção e melhorar a educação, e que rompeu com o presidente por se sentir iludida. Ela também fez elogios ao ex-juiz Sérgio Moro, outro que, segundo a parlamentar, também se sentiu foi traído pelo presidente.

07 de abril de 2021, 12:17

Compartilhe: