terça-feira, 22 de junho de 2021

Datafolha: rejeição de Bolsonaro chega a 45%

Foto: Marcos Corrêa/PR

Da Redação

Pesquisa Datafolha divulgada pela Folha de S. Paulo hoje mostra que a aprovação de Jair Bolsonaro (sem partido) segue em queda e chegou a pior marca desde que ele assumiu o mandato.

O levantamento mostra que a aprovação de Bolsonaro pelos brasileiros é de 24%. No levantamento anterior, realizado em março, a aprovação do presidente era de 30%.

Já a rejeição a Bolsonaro manteve um percentual similar. Na pesquisa atual, 45% consideram o governo ruim ou péssimo. Na anterior, esse percentual era de 44%.

Foram entrevistadas 2.071 pessoas entre terça e quarta-feira, em 146 munícipios de todos os estados brasileiros. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A aprovação menor é registrada no momento em que o governo encara a CPI da Covid, com confirmações de ingerências de Bolsonaro em temas como o chamado tratamento precoce. Na CPI, o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, e os ex-ministros, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, confirmaram que Bolsonaro quis mudar a bula da cloroquina, para que ela pudesse ser receitada como tratamento à Covid-19, mesmo sem eficácia comprovada e com possibilidade de efeitos colaterais.

Ontem, o ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, entrou em contradição diversas vezes. O relator da CPI, senador Renan Calheiros chegou a ameaçar pedir a prisão do depoente.

Para completar, pesquisa Datafolha de ontem sobre intenções de voto para 2022 mostrou vantagem do ex-presidente Lula sobre Bolsonaro. A virada acontece meses depois de o petista recuperar seus direitos políticos.

13 de maio de 2021, 08:37

Compartilhe: