domingo, 7 de junho de 2020

Covid-19: hospital de campanha do HS começa a atender na quinta (21)

Foto: Divulgação/Sesab

Da Redação

O hospital de campanha montado na área externa do Hospital do Subúrbio (HS) começa a funcionar nesta quinta-feira (21), com 20 leitos de UTI para atendimento de pacientes graves com Covid-19. No total, o espaço contará com 60 leitos de UTI, cuja abertura será realizada de forma gradual. Os pacientes chegarão à unidade encaminhados pela Central Estadual de Regulação.

A cada dia, 140 profissionais de categorias distintas, desde auxiliares de higienização, equipe de enfermagem, fisioterapeutas até o corpo médico, estarão no hospital de campanha atuando na linha de frente para garantir assistência segura e de qualidade aos pacientes internados. Essa equipe conta com profissionais exclusivos para a unidade, sem qualquer contato físico com os demais setores do Hospital do Subúrbio para reduzir o risco de contaminação cruzada.

A unidade conta com sala de descanso, refeitório, vestiários, amplo posto de enfermagem e corredores largos garantindo espaçamento adequado e boa movimentação no local, com climatização em todo o ambiente.

Com uma área de 1.200 m², a estrutura foi montada atendendo às exigências legais quanto ao tamanho dos leitos. Uma câmara de desinfecção contribuirá para minimizar os riscos de contaminação dos profissionais, antes da retirada dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e do banho no local.

Dedicação

Para o diretor técnico do HS, Rogério Palmeira, o momento requer dedicação e empenho por se tratar de uma situação nova. “Vamos enfrentar esse momento com muita força e resiliência, apoiando sempre a equipe. Não adianta ter uma boa estrutura sem pessoas dedicadas e capacitadas atuando. As pessoas são fundamentais na superação da crise”, destacou.

Além do hospital de campanha, o HS possui uma UTI com 58 leitos para atendimento exclusivo de pacientes graves com COVID-19, já em atividade. Também dispõe de 60 leitos de enfermaria ativos para pacientes infectados pelo novo coronavírus que necessitem de internação de menor complexidade.

20 de maio de 2020, 22:12

Compartilhe: