domingo, 7 de junho de 2020

Concessionárias sinalizam investimentos de R$ 25 bilhões em rodovias, apesar de impacto da pandemia

Foto: Arquivo/Agência Senado

Da Redação

Em troca da extensão dos atuais contratos de concessão, as operadoras privadas de rodovias paulistas e federais estão dispostas a investir cerca de R$ 25 bilhões em novas obras. As informações são do jornal Valor.

O presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ACBCR), César Borges, afirmou, em entrevista ao Valor, que R$ 16 bilhões podem ser aplicados, nos próximos dois anos e meio, em estradas privatizadas no Estado de São Paulo. Outros R$ 9 bilhões podem ir para estradas concedidas pela União, incluindo algumas ainda em território paulista.

Segundo o jornal, o plano já havia sido aventado em outras ocasiões, mas ganhou força em meio à pandemia como uma alternativa para a retomada da atividade econômica.

No entanto, o setor sofre um grande impacto, já que, com as medidas restritivas e de distanciamento social, houve uma diminuição significativa no movimento de veículos nas estradas.

O Índice ABCR, que indica a quantidade de veículos que passam nas praças de pedágio em todo o país, registrou queda histórica de 43,8% em abril em comparação com o mesmo mês no ano passado, o que representa redução média de 30% no faturamento das concessionárias. A exceção foram as estradas utilizadas por carretas para transporte de produtos agrícolas.

César Borges reclama de falta de diretrizes básicas do governo federal sobre o reequilíbrio econômico-financeiro das concessionárias por conta da pandemia. “Tem muito disxurso, muita promessa de cuidado com o tema, mas sempre com ressalvas”, disse Borges, acrescentando que, no momento, as concessionárias trabalham no escuro.

22 de maio de 2020, 12:43

Compartilhe: