terça-feira, 22 de junho de 2021

Ciro, Boulos e Huck equilibram forças nas redes sociais pela terceira via

Foto: Reprodução

Da Redação

Tirando da lista o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que levam vantagem sobre os demais concorrentes também nesse quesito, os demais possíveis candidatos à Presidência situados ao centro se equilibram quando o assunto é engajamento nas redes sociais.

Estudo da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgado hoje (10) pelo jornal Valor, realizado entre os dias 25 de março e 31 de maio, revela que Guilherme Boulos (PSOL), Ciro Gomes (PDT) e Luciano Hulck (sem partido) apresentam um equilíbrio de forças no mundo digital. Cada um deles liderada o engajamento em uma das redes sociais pesquisadas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o ex-ministro da saúde, Henrique Mandetta (DEM), a ex-senadora Marina Silva (PV), o empresário João Amôedo (Novo), e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), têm um desempenho bem inferior e não lideram em nenhuma das redes sociais analisadas.

Boulos, por exemplo, aparece com desempenhos melhores no Instagram e no Twitter. Huck liderou no Facebook. E Ciro, que está na Bahia fazendo gravações com o marqueteiro João Santana, foi campeão no Youtube. Segundo análise feita pelo jornal, esse resultado demonstra a dificuldade de se viabilizar uma terceira via para as eleições presidenciais de 2022.

Boulos teve, no período pesquisado, 12,4 milhões de engajamentos no Instagram. Huck alcançou 9,6 milhões no Facebook. Já Ciro reina entre os três no Youtube com 3,3 milhões de visualizações.

10 de junho de 2021, 10:21

Compartilhe: