terça-feira, 20 de outubro de 2020

Cancelamento do São João causou prejuízo de até R$ 100 para 78% dos organizadores de eventos na Bahia

Foto: Reprodução/Mídia Recôncavo

Da Redação

Pesquisa divulgada pelo Observatório de Economia Criativa aponta que o cancelamento do São João deste ano ocasionou uma perda financeira de até R$ 100 mil a 78% dos organizadores de eventos no estado.

Os prejuízos atingiram empresários, produtores, músicos, trabalhadores autônomos e muitos outros profissionais.

Cerca de 300 cidades na Bahia sediam festejos juninos. Ainda em junho, uma pesquisa realizada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) afirmava que o cancelamento do São João deixou de movimentar mais de R$ 500 milhões em todo o estado.

A pesquisa do Observatório de Economia Criativa da Bahia revela ainda que, além de prejuízos financeiros, o cancelamento da festa trouxe impactos sociais e culturais para a região.

“Apesar de toda a pandemia, apesar da necessidade de efetivamente ter um cuidado maior com suas vidas e de seus familiares, muitas dessas pessoas se deslocaram ao interior. O São João faz parte da nossa identidade enquanto povo baiano e nordestino”, explicou a pesquisadora Lúcia Aquino.

25 de setembro de 2020, 08:24

Compartilhe: