terça-feira, 20 de abril de 2021

Câmeras identificam Daniel Silveira recebendo celular de assessores na prisão

Foto: Reprodução/TV Globo

Da Redação

Foto/Reprodução

O Supremo Tribunal Federal (STF) foi informado pela Polícia Federal (PF) que câmeras flagraram dois assessores entregarem aparelhos celulares ao deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) na prisão.

De acordo com o relatório da PF, segundo o G1, “ficou explícito que houve conluio entre o deputado e seus assessores”. Os celulares foram encontrados na sala onde Silveira estava preso, na Superintendência da PF no Rio de Janeiro. Um inquérito investiga o caso. Atualmente, ele está preso em um batalhão da Polícia Militar.

Em nota, a assessoria de Daniel Silveira afirmou que o parlamentar já “ratificou como ocorreram os fatos”. Afirmou também que, desde o momento da prisão, não houve revista pessoal ou solicitação de recolhimento de aparelho.

“O relatório apresentado pela Polícia Federal é parcial, omite a questão de não ter ocorrido revista pessoal do deputado, nem dos itens que portava, como também é tendencioso ao exibir uma imagem de um assessor apenas devolve o aparelho para o parlamentar, que havia passado anteriormente a ele para checar os grupos de trabalho. Não houve em nenhum momento entrada dissimulada de aparelho”, acrescentou.

02 de março de 2021, 21:22

Compartilhe: